Loader
ambiente

Mais de 50 países se unem para preservar 30% de todo o planeta Terra até 2030

25 / 02 / 2021 Fique por Dentro

Você já deve ter se questionado que o mundo em que vivemos já não é mais o mesmo, atualmente percebemos algumas consequências de nossas ações, como: 

  • O aumento da temperatura global; 
  • As extinções em massa; 
  • A degradação de florestas; 
  • As pandemias e doenças silvestres atacando humanos. 

O que isso tem em comum? O plano de fundo para todos esses eventos é a degradação ambiental e a pressão que realizamos sobre os biomas terrestres. Consumimos mais recursos do que são regenerados, derrubamos florestas e as convertemos em pastagens e lavouras e lançamos gases de efeito estufa na atmosfera. 

A espécie humana vem vivendo em desequilíbrio e a natureza responde dessas e de outras formas. A mais recente delas é a pandemia que estamos passando, originária de um vírus silvestre que sofreu mutação e agora ataca os humanos. 

Preocupados com esse cenário e olhando especialmente para combater as mudanças climáticas, um grupo com mais de 50 países, assinou em janeiro desse ano, um tratado no qual consta seu comprometimento em preservar mais de 30% de toda a extensão de terra e mares do planeta. 

A forma mais eficiente de combatermos as mudanças climáticas, evitar a extinção de espécies animais e vegetais e diminuirmos as chances de novas pandemias, é a conservação e restauração da natureza. Não basta apenas emitirmos menos gás carbônico, protegermos nossas florestas e mares, precisamos restaurar as florestas já destruídas e aliviar a pressão pesqueira sobre os mares e oceanos. 

A ação é liderada pelo Reino Unido, pela França e Costa Rica e conta com o compromisso de mais de 50 países ao redor do globo. Um dos pontos centrais do acordo é o combate às mudanças climáticas e ao aquecimento global, ratificando as metas do Acordo de Paris, assinado em 2015 por mais de 190 países, inclusive com países antecipando suas entregas, como a Colômbia, Costa Rica, Nigéria, o Paquistão e Canadá. 

A declaração de colaboração foi denominada High Ambition Coalition (HAC) e foi assinada em um evento no mês de janeiro, organizado pelo governo francês, Banco Mundial e Organização das Nações Unidas (ONU). 

Combater as mudanças climáticas e a perda de biodiversidade é um desafio que ultrapassa fronteiras e que só terá resultados concretos com a colaboração global de países, empresas e sociedade. 

Gostou desse texto? Compartilhe esse conteúdo com mais pessoas e assine nossa newsletter para receber as novidades!

 

https://exame.com/invest/esg/grupo-de-50-paises-se-compromete-a-proteger-um-terco-do-planeta-ate-a-proxima-decada/

https://ciclovivo.com.br/planeta/meio-ambiente/mais-de-50-paises-se-unem-para-preservar-30-da-terra-ate-2030


Outros conteúdos

NEWSLETTER

Assine nossa newsletter para receber conteúdo exclusivo!