Loader
ambiente

Como a preservação do meio ambiente está diretamente ligada à saúde humana?

23 / 09 / 2020 Fique por Dentro

Neste ano, houve o recorde de desmatamento da floresta amazônica, a maior floresta tropical do mundo. Uma área de 829 km² de floresta veio ao chão, batendo novo recorde negativo, tamanho equivalente a 82.900 campos de futebol.

Ao presenciarmos este cenário, precisamos pensar como tudo isso impacta nossas vidas, principalmente nossa saúde, que está intimamente ligada à conservação do meio ambiente.

Veja abaixo 3 formas de como podemos ter impactos em nossa saúde ao cuidar da natureza:

Ar mais puro, menos doenças respiratóriasRelatório da Organização Mundial da Saúde aponta que 90% das pessoas respiram ar contaminado nas cidades do mundo e isso traz um impacto direto em nossa saúde. A organização mundial da saúde estima que mais de 7 milhões de pessoas por ano apresentem problemas respiratórios ou morram por decorrência de inalar um ar impuro. Somente no estado de São Paulo, o gasto com doenças proveniente de respirarmos um ar poluído é superior a 200 milhões de dólares por ano. E vimos recentemente como pequenos períodos de baixa no uso de carros e transporte melhora significativamente o ar nas cidades, houve uma melhora superior a 25% no ar respirado nas cidades em isolamento social.

Mais árvores, menores temperaturas e melhor conforto térmico – Quem nunca sentiu o alívio de uma sombra no calor tórrido de nosso verão tropical? Pesquisa da Revista FAPESP estima que a sensação de alívio térmico pode ser de até 20°C embaixo da sombra de uma árvore.

A diferença da temperatura do ar entre a sombra de uma árvore e o sol ao redor gira em torno de 2 graus, um valor que pode parecer pequeno, diante do tamanho do refresco que temos. Além disso, as copas das árvores servem como filtros, absorvendo a radiação ultravioleta, aliviando a sensação de calor.

Para evitarmos as ilhas de calor urbano, precisamos apostar cada vez mais na manutenção e plantio de árvores, elas contribuem para a temperatura, umidade, vento e para a nossa saúde, mantendo o clima mais estável e com menos oscilações.

Evitam o contato com micro-organismos desconhecidos – a preservação das florestas e biomas na sua forma natural, nos protege de vários patógenos que ainda desconhecemos, como o SARS – Cov -2, o vírus que ocorre naturalmente em morcegos e causa a COVID-19 e está transformando nossos dias. Dados da ONU apontam que 75% das zoonoses modernas – doenças de origem animal – ocorreram por contato do ser humano com populações animais silvestres e de uma forma ou de outra atacaram o ser humano: ebola, dengue, COVID-19, SARS, MERS e outras.

Por fim, ficou claro que garantir a manutenção dos ecossistemas significa menos doenças para a população humana e menos impactos sociais e financeiros.

Cabe a cada um olhar para sua rotina e verificar o que pode ser alterado e de que forma podemos ajudar o meio ambiente e, por consequencia, melhorar a saúde da população e reduzir o custo de saúde do governo.

Esse conteúdo foi relevante para você? Compartilhe com mais pessoas. 

 


Outros conteúdos

NEWSLETTER

Assine nossa newsletter para receber conteúdo exclusivo!