Loader
ambiente

O que podemos aprender de lição com o distanciamento social?

09 / 05 / 2020 A Eco Response

Já fazem algumas semanas que o distanciamento social foi adotado a fim de controlarmos a disseminação do novo Coronavírus. Nunca passamos por uma experiência dessas e vamos tirar algumas lições após esse período, que ainda não sabemos quanto tempo vai durar. Pequenas coisas serão olhadas de outras formas por nós.

1 - Somos intimamente ligados à natureza e dependentes das nossas interações. 

Dados da Organização das Nações Unidas informam que no século XXI, pelo menos 70% das doenças que infectam humanos tem origem em animais silvestres. Quanto mais desmatarmos áreas florestadas, tolerarmos a caça e tráfico de animais, expandirmos nossas fronteiras agrícolas e urbanos sobre ecossistemas, mais vamos estar expostos a patógenos ainda desconhecidos e sem vacinas ou tratamentos. 

2 - Direitos coletivos são prioridade frente aos direitos individuais. 

As medidas de distanciamento social e isolamento são a forma mais eficaz de controlar o aumento do número de casos da COVID-19, pois não temos tratamento e nem vacina. É necessário abrir mão de pequenos direitos individuais para um ganho maior coletivo, quanto mais colaborarmos, mais voltaremos a ter uma vida normal antes.

3 - A resposta com tratamento e vacina virá da ciência.

No atual momento, depositamos todas as nossas esperanças de tratamento e cura na ciência. No mês de março, a Organização Mundial da Saúde lançou um estudo chamado Solidariedade, no qual dezenas de países estão realizando testes de mais de 2.000 substâncias e medicamentos para tratamento do SARS Cov 2 (vírus da Covid-19). Todos os resultados são compartilhados através de publicações científicas de acesso mundial.

Então, que mundo encontraremos depois da pandemia?

Qualquer previsão é loteria, mas podemos imaginar o que vamos encontrar depois que a quarentena acabar.

  • Somos uma sociedade altamente dependente do outro, sozinhos não conseguimos superar momentos difíceis - precisamos olhar com cuidado para o outro e agirmos juntos pelas mesmas causas. 
  • Consumo exagerado não supre a satisfação e nem os laços emocionais das pessoas ao ficarmos mais em casa e distantes, olhamos para nossas reais necessidades e entendemos melhor o que é supérfluo e o que é essencial. 
  • É possível e é preciso, um mundo mais sustentável e uma relação mais harmoniosa com a natureza - nós sofremos diretamente as consequências de nossos atos e se agirmos com mais consciência, seremos menos impactados pelas reações da natureza. 

Continuamos lutando uns pelos outros para superar o momento da melhor forma e para prosperarmos quanto humanidade. 

Pense sobre isso você também!

Gostou deste texto? Siga as redes sociais da Eco Response e acompanhe as nossas novidades!


Outros conteúdos

NEWSLETTER

Assine nossa newsletter para receber conteúdo exclusivo!